Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

Tu és tu!

Tu és o que tu fazes!

És as energias que recebes e transformas. És o ponto de vista com o qual olhas para o teu mundo interior, refletido, a grande escala, no mundo exterior que te envolve.

És o sorriso que pela manhã diz “Bom dia!”. És aquele que segura a porta e cede passagem, mesmo que estejas atrasado e ansioso por correr pelas escadas até ao destino final.

Tu és a música que ouves, as melodias que trauteias, com a voz amadora de um profissional dos sentimentos.

 

És aquele que, de manhã, abre as persinas e afasta os cortinados para olhar para o céu e para o horizonte mais distante daquele dia. És a pessoa que gosta de aquecer as mãos no fervor de uma chávena de café, na intensidade do cheiro, no sopro fino e leve do vapor.

Bebes, goles pequenos para a incomensurável vida a gotejar. Bebes devagar, enquanto os transeuntes passam pelo passeio de mãos dadas.

Tu és os livros que lês. És o que fica preso a ti, numa adsorção irreversível que os tempos não levam, que as vontades não mudam. És a palavra em que te quiseste transformar pela partilha de excertos, pela espiritualidade suprema, pelas lições de vida, pelos contos de fadas.

E voas, volátil como o álcool que te incendeia a chama que te faz querer saber mais, ler mais, escrever mais, conhecer mais.

És aquilo que aprendes e transformas em conhecimento. És as relações que estabeleces, as metas que cumpres, os objetivos pendurados em bengaleiros entorpecidos.

Tu és o que comes! És o alimento que ingeres. A cor de que te serves para dentro de ti formares o teu próprio arco-íris.

És a paz de cada momento e a força que, cada dia, fazes por ter, por transmitir e por conservar.

És o estilo de vida que defendes. És aquilo em que acreditas, aquilo que te faz ser melhor, aquilo que te faz acordar todos os dias com paixão.

És o amor de que te alimentas. O que dás de ti aos outros e o que colhes de cada ser tão diverso na sua essência única e especial.

Tu és aquilo que tu és!

E só isso importa, se é disso que resulta a autenticidade, se é isso que é ser feliz e verdadeiro.

Tu és aquilo que tu escolhes ser e a forma como conduzes os teus sentimentos!

Sê assim! Sê alguém sem receios, sê alguém que antes de conhecer o mundo, se conhece a si e acredita no que conhece e quer conhecer.

Escolhe o teu caminho. Mune-te de amor.

Sê o teu próprio refúgio. Sê o teu próprio nicho de paz.

Sê tu mesmo!

Sê feliz!

 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Seguir perfil

A ler:

Calendário

Março 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D