Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

Em análise (3) - O Santo, o Surfista e a Executiva

“Criar a vida com que sempre sonhámos…”

Talvez este seja o mote do livro “O Santo, o Surfista e a Executiva”, uma fonte de ensinamento inesgotável e que nos promete deixar a pensar e a refletir sobre questões fundamentais para as quais, até então, não tínhamos resposta, ou por outro lado, sobre as quais não nos queríamos debruçar verdadeiramente.

Ao longo deste livro assistimos a três etapas distintas que se passam em Roma, no Havai e em Nova Iorque.

Em cada um destes lugares, aos quais somos conduzidos por este maravilhoso livro publicado em mais de 50 idiomas e com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, encontramos mestres que prometem mudar não só a vida de Jack Valentine, mas também, a vida do leitor.

É uma grande viagem na qual as Derradeiras Perguntas serão chaves importantes no desencadear do processo de desenvolvimento interior.

 

Padre Mike, Roma

O Santo é o Padre Mike com costumes típicos de um italiano apaixonante. Ao longo de quatro semanas de estadia por Roma, aprendemos muito sobre o poder que o autoconhecimento tem sobre nós mesmos. O nosso mundo exterior é a projeção do nosso mundo interior, sendo, por isso, fundamental que façamos um trabalho interior profundo e contínuo de modo a que possamos perceber que o universo é um lugar amigo no qual tudo o que acontece na nossa vida tem uma razão de ser.

 

 

Em análise (2) - Cartas para Sam

A partir do primeiro minuto de leitura deste livro, comecei a colocar profundas questões sobre a minha vida. E, no segundo minuto, sabia que ele estava a falar tanto para mim, como para o Sam. Mas, ao terceiro minuto, esqueci-me inclusive de que estava a ler e senti-me mais como se estivesse na grande sala de aula que é a vida, aprendendo lições que guardarei para sempre.

Depois deste testemunho dado pela autora Rachel Simon, pouco mais posso dizer sobre “Cartas para Sam” porque me revejo nas palavras e, sobretudo, nas motivações que a levaram a proferir este comentário.

 

 

Em análise (1) - A Fórmula da Saudade

Bom dia!

Terminei, ontem, a leitura do livro A Fórmula da Saudade, escrito por Daniel Oliveira: apresentador, subdiretor de gestão e desenvolvimento de conteúdos da estação de Carnaxide e ainda diretor da SIC Caras.

 

Dessa forma decidi, tal como prometido, falar-vos um pouco do livro e dar-vos a conhecer a minha opinião sobre o mesmo.

Este é o segundo romance do autor, sendo que o primeiro se intitula de A Persistência da Memória.

Pelo que consegui averiguar, os livros têm um certo seguimento e A Fórmula da Saudade é, no fundo, a continuação do primeiro livro.

 

 

Ter para ler, ler para ser #2

Os livros são o alimento da alma e eu, em momento algum, coloco isso em causa.

Ao ler, investimos em nós, na nossa formação e na nossa cultura, fomentando o conhecimento.

E isso é o mais importante de tudo. É o que nos permite ter uma visão global de vários e diversificados aspetos e situações e é, acima de tudo, o que nos forma enquanto seres humanos.

Ultimamente, que é como quem diz, há cerca de um ano, comecei a ler um outro tipo de livros direcionados para a vertente do desenvolvimento pessoal e espiritual e, a verdade é que, tenho gostado muito porque sinto que, efetivamente, estou a alimentar a minha alma fornecendo-lhe os nutrientes necessários para que se torne forte, saudável e grandiosa. 

Às vezes, precisamos de nos encontrar e de nos autoconhecermos e avaliarmos. Ler faz com que tudo isso seja possível e com que despertemos em nós o melhor que podemos ser.

Desta forma, hoje vou falar-vos de um dos muitos livros deste género que gostaria de ler num futuro próximo.

 

"A Voz da Serenidade" de Eckhart Tolle é um dos livros que ando a "namorar" há algum tempo mas que ainda não adquiri porque tenho outros para ler.

 

Livraria Lello

 

A Livraria Lello, situada na Rua das Carmelitas na cidade do Porto, é considerada a livraria mais bonita do mundo e comemorou, no passado dia 13 de Janeiro, 110 anos.

É um ponto de atração para todos os turistas que passam por esta cidade magnífica que, infelizmente, nunca tive o privilégio de visitar, mas que espero poder concretizar esse desejo muito em breve.

 

 

Ter para ler, ler para ser #1

Hoje, decidi dar início a uma nova rubrica, aqui no blog.

"Ter para ler, ler para ser" é um dos meus lemas de vida. Acredito, realmente, que a ler podemos "ser". Ser em todas as dimensões.

Podemos transformar a nossa vida em algo bastante diferente, criando novas realidades, sonhando e refletindo sobre tudo e mais um pouco. É por isso que amo as palavras e o seu poder.

Tudo (esta nova rubrica) partiu daqueles desejos repentinos, daquelas vontades inexplicáveis de fazer alguma coisa que, por vezes, e sem percebermos bem porquê, temos, efetivamente, "do nada" . 

A vida é feita de momentos e os momentos são feitos do acaso, do espontâneo, do real e do imaginário.

Nesta rubrica vou partilhar os livros que gostaria de ler e aqueles que considero serem importantes, de alguma forma, para o meu crescimento pessoal. Porque isso é, sem dúvida, o mais importante: aprender com o que lemos, com o que vemos, pela forma como agimos e reagimos aos estímulos e às vivências do dia-a-dia.

Hoje, gostava de "ter para ler" o livro "Nós por aí" escrito por dois dos mais acarinhados e talentosos atores da televisão portuguesa, que são também, na realidade, um casal extraordinário. São eles Vera Kolodzig e Diogo Amaral.

 

 

 

2016: A mudança só depende de nós!

Estamos, oficialmente, num novo ano: o ano de 2016!

Este ano quero fazer mais, quero fazer diferente e, a verdade é que, isso só depende de mim e da minha força de vontade. Sou eu a responsável pelo meu futuro, pelo meu caminho, pelas minhas escolhas.

Sou eu a autora deste livro de 366 páginas.

 

 

Os livros que devorei em 2015

Hoje, no último dia do ano, vou falar-vos um pouco das minhas leituras, dos meus hábitos e de como a leitura marcou e continua, dia após dia, a marcar tão positivamente a minha vida.

Este ano, infelizmente, não li um terço daquilo que gostaria de ter lido.

Foquei-me muito nos meus objetivos, em estudar para entrar na faculdade com uma boa média e, pelo que me parece, agora que aqui cheguei, concluo que estar na universidade nem sempre é sinónimo de ter a leitura em dia.

Confesso que ainda me sinto um bocadinho desorganizada sem saber como gerir o tempo e isso é, indubitavelmente, um grande problema e um grande obstáculo na gestão da minha vida, dos meus hobbys e das minhas obrigações.

 

Quando inicio um novo ano tenho por hábito estabelecer algumas “metas” ou, no fundo, escrever num papel alguns dos meus sonhos.

Geralmente, não me prendo muito a essa “lista”, vivo simplesmente a vida e deixo que as coisas aconteçam naturalmente.

Pelo que, de uma forma mais consciente, considero que essa "lista" é essencialmente o meu resumo do ano, aquilo que ainda me falta fazer, aquilo que quis e não fiz no ano anterior.

Um dos meus objetivos relaciona-se sempre com a leitura. Quero sempre ler, ler mais e ler melhor porque, para mim, isso é muito importante e penso que, inevitavelmente, o é para todos aqueles que gostam de se expressar através da escrita.

A leitura enriquece-nos de uma forma encantadora e molda a nossa personalidade. Torna-nos pessoas mais cultas, mais informadas e muito mais resolvidas.

E há uma variedade de estilos pelos quais se pode optar, desde os romances aos livros de culinária.

 

Uma das coisas que mais me deixa orgulhosa é o facto de ter gostado sempre de ler, desde muito pequena, e de ter sido sempre incentivada pelos meus pais.

Comecei a ler por vontade própria, por curiosidade e rapidamente me deixei envolver pelas palavras.

 

E, depois de tudo isto, vou então fazer jus ao título desta publicação e partilhar convosco o que li durante este ano.

 

 

 

Mais sobre mim

Seguir perfil

A ler:

Calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D