Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

III Capítulo / Página 60

Continuo a ler o mesmo livro. Há meses que o levo para onde quer que vá. Há dias que evito cruzar-me com ele. Nesses dias, sombrios fora de mim, volto a ouvir as mesmas canções. As que outrora me entorpeceram com as suas melodias, as que dantes repeti incessantemente até conhecer o perfil das mais diversas cadências, até que mais nenhuma tonalidade chegasse para me arrebatar.

De tempos a tempos, deixo o corpo inerte maravilhar-se como se fosse a primeira vez. E todo ele flui pelos acidentes de cada pauta.

Revivo o tempo, aclaro as memórias, enxugo os desgostos ou o simples cansaço que brota em pequenos soluços inaudíveis e, assim simplesmente, consciente da amargura, anseio ver o mundo pelos olhos de uma criança.

 

 

Metade

 

Sou a metade de cada fragmento

Que se reproduz e pousa em mim,

Um todo incompleto e vazio

Sem princípio mas com fim

 

Sinto deveras…

Mas um deveras pouco demais

Qual mundo sem fronteiras?

Quais homens imortais?

 

A lucidez dói, fere, ensanguenta,

Corrói a ilusão e reduz a expectativa

E a mágoa, essa, não se ausenta

De cada alma carecida.

 

 

Em versos alheios #87

«Os homens distinguem-se entre si também neste caso: alguns primeiro pensam, depois falam e, em seguida, agem; outros, ao contrário, primeiro falam, depois agem e, por fim, pensam.»

 

                                                                                                                        Leon Tolstoi

Em versos alheios #86

«O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.»

 

                                                                                                          Maria Júlia Paes de Silva 

Em versos alheios #85

 

«Fecha a porta, muda o disco, limpa a casa, sacode a poeira. Deixa de ser quem eras, transforma-se em quem és. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio. E lembra-te: Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão.»

 

                                                                                                                         Gloria Hurtado

Em versos alheios #84

«O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você.»

 

                                                                                                                          D. Elhers

Em versos alheios #83

«A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre.»

                                                                               

                                                                                                                                        Oscar Wilde

Dia Internacional do Blog

Celebra-se hoje, dia 31 de Agosto, o dia internacional do Blog e, como é óbvio, eu não podia deixar, de forma alguma, que esta data passasse em branco. 

Segundo li, nas minhas pesquisas, ficou, de certa forma, estabelecido que, neste dia, todos os bloggers deveriam de colocar uma mensagem em que divulgassem outros blogs, em especial nesta data tão importante para todos aqueles que, diariamente, partilham um pouco de si e ocupam parte do seu tempo a dar vida aos seus respetivos cantinhos.

Contudo, antes de o fazer, gostaria apenas de salientar o quão feliz este blog me torna, o quanto recebo dele diariamente, o quão é, para mim, libertador.

Aprendi muito com "O meu poema". Aprendi a expressar-me de uma outra forma e com isto tive a oportunidade de conhecer outras histórias e tantas outras lições de vida.

Este é o local onde é permitido rir à gargalhada, chorar compulsivamente, voar pela mão dos sonhos... Tudo nos é permitido graças às pessoas que leem os nossos blogs, ao espírito de equipa e à fantástica relação que se estabelece com os autores dos blogs que vamos visitando e seguindo atentamente.

A verdade é que conheci pessoas absolutamente incríveis por aqui que tornaram cada momento ainda mais especial.

Tudo isto é possível graças a esta excelente equipa que é o SapoBlogs. Eles que estão sempre dispostos a ajudar e a resolver todos os nossos problemas, esclarecendo-nos todas as dúvidas. Eles que estão sempre prontos a inovar, com vista a que nos sejam fornecidas todas as ferramentas necessárias para que  possamos construir o nosso espaço e partilhá-lo com todos aqueles que estiverem dispostos a recebê-lo.

Obrigada a todos vocês!

 

Deixo-vos, por fim, uma lista de 10 blogs que sigo diariamente e que considero inspiradores. 

10 blogs criados por pessoas incríveis, pelas quais tenho um enorme carinho e apreço!

 

 

Estás errado

Estás errado. Eu não pertenço ao mundo a que todos pertencem.

Estás errado. Não conheces o significado que dou à vida, a sorte que tenho por ser quem sou.

Sei que não percebes como posso gostar de ser tão pouco. Mas, ser pouco dá muito trabalho.

Eu não adormeço sempre à mesma hora, não ouço sempre a mesma canção, não sorrio para o espelho todas as manhãs nem agradeço todos os dias a minha vida.

Eu não sou igual a ti. Eu não pertenço ao mundo a que tu pertences.

 

 

Mais sobre mim

Seguir perfil

A ler:

Calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D