Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

Rasguei a pele

 

Rasguei a pele na memória
Do choro que gritava

Da alma uma nova história

Da vida que me deixava

Descosi-me aos poucos...

Por dentro, a minha crença,
Onde neste cosmos de loucos
Implora uma criança

 

Procuro um novo rumo 

Sem qualquer despedida
Sim, gostava de te mostrar onde durmo
Onde da minha sombra faço vida

Mas, todas as viagens são em vão 
A intranquilidade permanece no meu leito...
Poderá ser uma ilusão
Que parasita o meu peito

Mas mesmo assim, liberta os teus enigmas,
Dá a mão ao teus fantasmas
Devolve os paradigmas
Que contaminam citoplasmas

 

Faz de ti alguém novo

Por ti e pelo teu povo...

 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Seguir perfil

A ler:

Calendário

Setembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D