Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

Pessoa, imortal

«A morte é a curva da estrada,

Morrer é só não ser visto.

Se escuto, eu te oiço a passada

Existir como eu existo.

 

A terra é feita de céu.

A mentira não tem ninho.

Nunca ninguém se perdeu.

Tudo é verdade e caminho.»

                                               Fernando Pessoa Ortónimo

 

De facto, "morrer é só não ser visto".

Porque a morte não levou nem apagou das nossas memórias esta mente brilhante, esta variedade de almas complexas, este senhor sem definição. A morte, deu-lhe ainda mais vida. "Tudo é verdade e caminho". E a morte faz parte do caminho que continua, que não acaba, que existe e se reescreve. Pessoa, está para lá da escuridão com que encaramos a morte!

 

Pessoa e todos aqueles que vão, todos aqueles que deixam um vazio nas nossas vidas. 

Eles estão lá... Estão lá nas estrelas ou somente nas palavras sábias que proferiram, nos momentos únicos que partilharam, nas gargalhadas soltas, no brilhozinho dos olhos. Estão lá naquele cheiro das estações, naquela roupa centenária, no coração da terra molhada. "A terra é feita de céu". É para lá que todos vão. Para o pedaço de terra que acolhe o céu e quem por aqui deixou algo que jamais separará o que pertence ao mesmo lugar.

 

80 anos é muito tempo, tanto mudou... O mundo, hoje, talvez não mereça génios assim. Pessoa é grande demais para o mundo.

 

 

É, contudo, um privilégio poder continuar a ler o que de mais complexo sente o ser humano e é uma honra que esses sentimentos e pensamentos fragmentados se escrevam em português.

 

Pessoa é eterno e imortal!

 

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Seguir perfil

A ler:

Calendário

Novembro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D