Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

Em versos alheios #18

 

«Os teus velhos alicerces e as tuas estruturas tradicionais têm de ir abaixo para que possam ser construídos outros melhores.

É assim que funciona a mudança.Mas da confusão resulta sempre a clareza. Do caos emerge a ordem. Se não há desconforto, não pode haver crescimento.

 

É por isso que digo que as encostas mais íngremes são as mais seguras.

– Isso é mesmo verdade?
– Claro, porque se ficares por terrenos fáceis é uma maneira garantida de falhares. Nunca hás-de melhorar assim.

Estás a tentar jogar pelo seguro continuando em encostas de principiante.

Essas decisões fáceis acabam por ser lugares inseguros – a menos que – o teu objectivo não seja ires atrás dos teus sonhos...»

                                                                              Robin Sharma

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Seguir perfil

A ler:

Calendário

Dezembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D