Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

Até tenho saudades...

Deixei de falar com o passado.

Lembro-me às vezes das nossas conversas, daqueles conselhos dados pelo espelho retrovisor e dos dilemas captados por uma lente ainda sem risco algum.

Era eu e o banco de trás com três cintos que pouco apertavam e uns carrapitos desprendidos de infelicidades.

Eram os domingos em que ainda havia tempo para ir descobrir cidades. Eu no meio de dois braços fortes, de duas mãos suaves, de dois seres que amo.

Até tenho saudades!

 

Das longas conversas, do tempo suspenso, de um dia seguinte que não preocupava, que não exaltava, que não separava.

Na verdade, nunca quis crescer depressa. Quis enrolar as histórias como se fossem pedaços de algodão-doce. Elas também não enganam. Não enganam os olhos que hoje são miradouros distantes.

Sempre vivi ao sabor do tempo, consciente de que, um dia, o seu gosto podia mudar. Mas precisava de mais… De mais tempo para ver o envelhecer dos momentos. De mais tempo para poder largar a mão, mesmo sabendo que nunca o quererei realmente fazer.

Mas, regressamos a casa outra vez e tudo parece passar tão rápido que a estrada cresce de cada vez que a pisamos. E fica para trás. Para lá de nós.

Deixamos de olhar o horizonte. O velho, em linha curva, que atravessamos.

Mas lembramo-nos…

Às vezes.

E até temos saudades!

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Seguir perfil

A ler:

Calendário

Dezembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D