Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

Dia Internacional do Blog

Celebra-se hoje, dia 31 de Agosto, o dia internacional do Blog e, como é óbvio, eu não podia deixar, de forma alguma, que esta data passasse em branco. 

Segundo li, nas minhas pesquisas, ficou, de certa forma, estabelecido que, neste dia, todos os bloggers deveriam de colocar uma mensagem em que divulgassem outros blogs, em especial nesta data tão importante para todos aqueles que, diariamente, partilham um pouco de si e ocupam parte do seu tempo a dar vida aos seus respetivos cantinhos.

Contudo, antes de o fazer, gostaria apenas de salientar o quão feliz este blog me torna, o quanto recebo dele diariamente, o quão é, para mim, libertador.

Aprendi muito com "O meu poema". Aprendi a expressar-me de uma outra forma e com isto tive a oportunidade de conhecer outras histórias e tantas outras lições de vida.

Este é o local onde é permitido rir à gargalhada, chorar compulsivamente, voar pela mão dos sonhos... Tudo nos é permitido graças às pessoas que leem os nossos blogs, ao espírito de equipa e à fantástica relação que se estabelece com os autores dos blogs que vamos visitando e seguindo atentamente.

A verdade é que conheci pessoas absolutamente incríveis por aqui que tornaram cada momento ainda mais especial.

Tudo isto é possível graças a esta excelente equipa que é o SapoBlogs. Eles que estão sempre dispostos a ajudar e a resolver todos os nossos problemas, esclarecendo-nos todas as dúvidas. Eles que estão sempre prontos a inovar, com vista a que nos sejam fornecidas todas as ferramentas necessárias para que  possamos construir o nosso espaço e partilhá-lo com todos aqueles que estiverem dispostos a recebê-lo.

Obrigada a todos vocês!

 

Deixo-vos, por fim, uma lista de 10 blogs que sigo diariamente e que considero inspiradores. 

10 blogs criados por pessoas incríveis, pelas quais tenho um enorme carinho e apreço!

 

 

Filtro dos sonhos

Um último suspiro revelou a espessura do fardo que carreguei durante dias a fio.

Acordei com um prego espetado na porta, a soleira a rastejar e os primeiros raios de sol a infiltrarem-se pela fechadura, sobre a qual o meu filtro dos sonhos pendia e baloiçava sem certezas.

Os meus olhos enxergavam a penumbra cortada a meio pelo dourado ténue de um feixe de luz perpendicular. As costas estavam entorpecidas pela dor e, de esguelha, eu conseguia ver, pelo espelho enviesado, as curvas percorrerem-me de norte a sul.

A memória tinha voltado. Aquela noite. Aquele tormento.

Não tinha forças para gritar. Não sabia sequer por quem o deveria fazer.

 

 

Em versos alheios #79

«As criaturas que habitam esta terra em que vivemos, sejam elas seres humanos ou animais, estão aqui para contribuir, cada uma com sua maneira peculiar, para a beleza e a prosperidade do mundo.»

 

                                                                                                                                 Dalai Lama

Crise de valores

Os últimos dias têm sido marcados por bárbaros acontecimentos que têm deixado a população incrédula com o rumo pelo qual a nossa sociedade parece estar a enveredar.

Falo de tudo: dos incêndios provocados por mão criminosa que destroem uma nação, deixando em cinzas o trabalho de anos e anos a fio; dos maridos que matam as suas esposas e, não raras vezes, se suicidam de seguida; de um homem que assassina e esconde o corpo de três mulheres, uma das quais grávida de um filho seu; dos jovens que se agridem brutalmente sem motivo que o justifique – porque nada justifica a incivilidade que nos tem vindo a ser retratada pela imprensa – e da forma como encaramos, passivamente, todas estas situações.

Pergunto-me muitas vezes o que é que está mal, o que é que se passa na cabeça das pessoas, em que é que este mundo se está a tornar, mas não encontro respostas válidas nem argumentos que me tranquilizem.

 

 

Em análise (3) - O Santo, o Surfista e a Executiva

“Criar a vida com que sempre sonhámos…”

Talvez este seja o mote do livro “O Santo, o Surfista e a Executiva”, uma fonte de ensinamento inesgotável e que nos promete deixar a pensar e a refletir sobre questões fundamentais para as quais, até então, não tínhamos resposta, ou por outro lado, sobre as quais não nos queríamos debruçar verdadeiramente.

Ao longo deste livro assistimos a três etapas distintas que se passam em Roma, no Havai e em Nova Iorque.

Em cada um destes lugares, aos quais somos conduzidos por este maravilhoso livro publicado em mais de 50 idiomas e com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, encontramos mestres que prometem mudar não só a vida de Jack Valentine, mas também, a vida do leitor.

É uma grande viagem na qual as Derradeiras Perguntas serão chaves importantes no desencadear do processo de desenvolvimento interior.

 

Padre Mike, Roma

O Santo é o Padre Mike com costumes típicos de um italiano apaixonante. Ao longo de quatro semanas de estadia por Roma, aprendemos muito sobre o poder que o autoconhecimento tem sobre nós mesmos. O nosso mundo exterior é a projeção do nosso mundo interior, sendo, por isso, fundamental que façamos um trabalho interior profundo e contínuo de modo a que possamos perceber que o universo é um lugar amigo no qual tudo o que acontece na nossa vida tem uma razão de ser.

 

 

Destaque

 

Hoje, a equipa SapoBlogs decidiu presentear-me com um destaque a este post.

Quando vi nem queria acreditar! Fiquei tão incrivelmente feliz que não podia deixar que isto passasse sem que eu agradecesse não só a esta plataforma maravilhosa mas também a todos vocês.

É o 2º destaque de 2016. O 5º desde o primeiro dia, desde a primeira palavra.

Obrigada a todos!

Cheira a sonhos maduros

Todos os dias está lá fora o mesmo pó: disperso no ar, turvo ao passar, embevecido pela bruma do travo transeunte.

                Descobre-se o véu

                E o louco sou eu

                Que atravesso a estrada

                Sem ver nada.

 

Cheira a sonhos maduros. Alguns deles pisados pelas quedas abruptas ao cimo da escada sem corrimão.

 

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Seguir perfil

A ler:

Calendário

Agosto 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D