Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

O meu poema

O blog em que o sonho é o principal verso da vida. O ser humano na sua essência. Os sentimentos à flor da pele. O tudo e o nada.

Em pausa...

Boa tarde, queridos leitores!

Hoje, esta publicação é um bocadinho diferente do habitual.

Decidi fazê-lo pelo carinho que tenho por vocês e porque não quero, de forma alguma, defraudar-vos.

A verdade é qe, vou estar um pouco ausente, como já tenho estado nos últimos dias, ou seja, durante as próximas semanas o blog não vai ter novas publicações porque preciso de gerir a minha vida e definir prioridades.

Espero que esta ausência seja a mais breve possível e que, com isso, não perca a vossa atenção, o vosso interesse e, acima de tudo, o vosso carinho.

São apenas 15 dias, se tanto...

E espero que no meu regresso vos possa contar coisas muito boas, sobre o que tenho feito, vivido e experienciado.

 

 

Em versos alheios #42

«Quase»

«Ainda pior que a convicção do não e a incerteza do talvez é a desilusão de um quase. É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi.

Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu ainda está vivo, quem quase amou não amou. Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas ideias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono.

 

Escolhi ser diferente

Escolhi para mim uma vida diferente.

Fiz planos, tracei metas e, por momentos, escrevi num diário as crónicas de um dia-a-dia atribulado.

As minhas vivências, a playlist dos meus sonhos, as frases feitas, e tão bem feitas, que me encheram o coração mais do que a vista.

Enchi duas dúzias de linhas azuis escuras com fragmentos marcantes, cravados na minha pele.

Esbocei atalhos e determinei roteiros: pontos de partida, pontos de chegada e a liberdade de me querer deixar levar pelo que gosto, pelo que sou, pela maré em terra firme.

 

 

Destaque

Bem, parece que hoje o blog recebeu o 4º destaque, por parte da equipa Sapo Blogs, o 1º destaque de 2016! E tudo isto se deve também a vocês e tudo isto é também para vocês!

Não tenho palavras para agradecer a todos os meus leitores e a todas as pessoas que acreditam em mim e me lêem, diariamente.

Prometo aprovar e responder, em breve, a todos os comentários que me têm deixado.

Obrigada pelo carinho que me enche o coração!

Este blog faz de mim uma pessoa muito mais realizada e muito mais feliz.

 

Boa noite, com muita paz e muita luz!

Reage. Vota.

 

 

 

Pela segunda vez vou exercer o meu direito ao voto.

Fazê-lo é estar a contribuir para a vida do meu país, é fazer ouvir a minha voz e as minhas ideologias.

O importante é ir até à mesa de voto. Não importa se o voto for nulo ou em branco, porque qualquer um destes, reflete a nossa opinião e a forma como vemos o panorama político nacional.

Errado é ficar em casa, por preguiça ou revolta, neste dia lindo de sol.

 

 

Pág. 1/5

Mais sobre mim

Seguir perfil

A ler:

Calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D